SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue2Household infestation by triatomines and human seroprevalence in Empedrado Department, Corrientes, ArgentinaNotes on the training of workers in the health sector author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

GUIMARAES, Carlos Tito; SOUZA, Marilza Antunes de; SOARES, Delza de Moura  and  SOUZA, Cecília Pereira de. Levantamento malacológico em parques urbanos de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 1997, vol.13, n.2, pp. 313-316. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1997000200021.

Existem atualmente na região metropolitana de Belo Horizonte 18 parques urbanos (também denominados "parques ecológicos") com coleções hídricas (lagoas, nascentes, córregos etc). Pesquisas iniciais em 17 destes parques mostraram a ocorrência de moluscos hospedeiros intermediários do Schistosoma mansoni em pelo menos quatro deles. Capturas mensais nestes parques, de agosto/94 a fevereiro/96, mostraram os seguintes resultados em relação aos planorbíneos: Parque Julien Rien: 1.145 exemplares de Biomphalaria glabrata (2 mm a 13 mm); Parque Betânia: 149 exemplares de B. glabrata (4 mm a 13 mm); Parque Santa Lúcia: 2.431 exemplares de B. straminea (3 mm a 9 mm) e Parque Lagoa do Nado: três exemplares de B. tenagophila (3 mm a 10 mm). As visitas aos parques terão prosseguimento e, após um diagnóstico sobre a situação de cada parque, serão sugeridas às autoridades municipais medidas de controle e/ou erradicação adequadas a cada área.

Keywords : Esquistossomose; Parques Urbanos; Planorbidae; Biomphalaria; Epidemiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese