SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue3Lymphatic filariasis: a potentially eradicable diseaseNutritional data: what is available in Brazil? author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

ARRUDA, Bertoldo Kruse Grande de. "Geografia da Fome": da lógica regional à universalidade. Cad. Saúde Pública [online]. 1997, vol.13, n.3, pp. 545-549. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1997000300031.

Geografia da Fome revela a associação harmoniosa da capacidade de argumentar com a segurança científica, um novo modo de pensar e de agir frente à realidade alimentar e nutricional e também uma abordagem pioneira no dimensionamento da fome coletiva como um fenômeno geograficamente universal. Admitiu, com base nas especificidades regionais, que as contribuições parciais poderiam compor um mapeamento caracterizador da universalidade do problema, permitindo construir uma imagem diferente do Brasil e do mundo, possibilitando a estruturação de um plano universal de combate à fome, abrindo novos caminhos para aqueles que buscam a correção de desequilíbrios regionais e a eliminação do subdesenvolvimento. Nesse livro-manifesto, Josué de Castro reinterpretou o papel da geografia clássica, incorporando uma das dimensões explicativas mais importantes, que é a da análise política, para desvendar a significação e conseqüências do desenvolvimento espacial desigual. A releitura de Geografia da Fome mostra que seus delineamentos conceituais e propositivos continuam vivos e constituem instrumentos indispensáveis para repensar criticamente a realidade brasileira e, em particular, a nordestina. Geografia da Fome, no seu cinqüentenário, torna-se um livro atual pela sua mensagem estimuladora e perturbadora.

Keywords : Nutrição; Alimentação; Fome; Geografia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese