SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue4The diaphragm as a contraceptive method in the experience of users in the public health servicesNitrogen dioxide (NO2) occupational exposure assessment on Rio de Janeiro's city traffic wards author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

ALMEIDA, Celia. Médicos e assistência médica: Estado, mercado ou regulação? Uma falsa questão. Cad. Saúde Pública [online]. 1997, vol.13, n.4, pp. 659-676. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1997000400009.

A crise de custos no setor saúde colocou em discussão a assistência médica, assim como a avaliação dos seus resultados enquanto investimento setorial, sendo que a importância do principal ator nessa dinâmica ­ o médico ­ tem sido ressaltada. Este artigo faz uma revisão das principais vertentes de análise do profissionalismo médico nas últimas décadas e discute a mudança de paradigma que se operou mais recentemente, quando emergem enfoques que procuram correlacionar as novas divisões de trabalho contidas nas especializações cada vez mais fragmentadas com as mudanças estruturais históricas do mercado de trabalho profissional e a ação coletiva desenvolvida por esses grupos na sua inter-relação com o Estado. Esse último enfoque, pode-se dizer mais vinculado à economia política, tem aportado importantes contribuições a esse debate, uma vez que permite questionar as polarizações ideológicas, e sem fundamento analítico, presentes nas propostas de reforma da assistência médica, que preconizam a retirada do Estado e o reinado do mercado, assim como deslocam a regulação para uma posição externa à própria dinâmica, mutável historicamente, das relações Estado/profissionais/clientes/sistemas de saúde.

Keywords : Médicos; Assistência Médica; Pessoal de Saúde; Política de Saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese