SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue4Case report of two work accidents investigated using the causal tree methodSand flies in Timóteo, Minas Gerais, Brazil (Diptera: Psychodidae) author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

MELO FILHO, Djalma Agripino de. A epidemiologia, os valores e o significado de paradigma. Cad. Saúde Pública [online]. 1997, vol.13, n.4, pp. 761-766. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1997000400018.

Recentemente, o emprego do termo paradigma chegou ao âmbito epidemiológico. Este texto analisou criticamente uma classificação de 'paradigmas epidemiológicos', proposta por Almeida-Filho. Inicialmente constatou-se que os valores não foram considerados como elementos fundamentais para a construção dos paradigmas, distanciando-se, assim, da matriz kuhniana. Uma vez que a sistematização procurou unir tendências antitéticas, ela pareceu estar mais próxima da epistéme foucaultiana. Finalmente, considerou-se mais apropriada a utilização do termo hegemonia, em vez de paradigma, para sistematizar períodos epidemiológicos, pois os valores das vertentes estão comprometidos com a particularidade (principalmente classe social).

Keywords : Epidemiologia; Filosofia; Métodos Epidemiológicos; Sociologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese