SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue1Evaluation of a program for asthmatic children treated in primary care outpatient units in Embu, São Paulo, 1988-1993An educational intervention to improve the quality of coproparasitological diagnosis in laboratories of Havana City, Cuba author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BARBOSA, Constança Simões  and  BARBOSA, Frederico Simões. Padrão epidemiológico da esquistossomose em comunidade de pequenos produtores rurais de Pernambuco, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 1998, vol.14, n.1, pp. 129-137. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1998000100020.

Este artigo é parte de um estudo mais amplo que empregou abordagens epidemiológica e antropológica para procurar entender a produção e manutenção da esquistossomose em pequena comunidade de área endêmica de Pernambuco. No presente trabalho, realizamos um estudo de corte transversal para avaliação dos fatores de risco para esquistossomose, associando variáveis sócio-econômicas, sanitárias e comportamentais (quantificáveis), com a prevalência e intensidade da infecção. Uma análise estatística univariada selecionou três variáveis (faixa etária, escolaridade e número de contatos), que mostraram associação significativa com a positividade para S. mansoni. Os resultados da análise multivariada realizada a seguir permitiram a identificação dos fatores causais e das variáveis de confundimento, entre aquelas anteriormente selecionadas. O diagnóstico epidemiológico quantitativo é discutido criticamente, com embasamento no estudo qualitativo etnográfico, quanto às condições ambientais de risco (contaminação, transmissão) e práticas de risco (atividades econômicas e comportamentais).

Keywords : Esquistossomose; Saúde Pública; Fatores de Risco; Epidemiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese