SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue4Intermunicipal Health Consortiums and the Brazilian Public Health SystemInteraction of work demands in the genesis of mental suffering author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

VIEIRA, Elisabeth Meloni et al. Alguns aspectos do comportamento sexual e prática de sexo seguro em homens do Município de São Paulo. Cad. Saúde Pública [online]. 2000, vol.16, n.4, pp. 997-1009. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2000000400018.

A via heterossexual é atualmente o modo dominante de transmissão do HIV em mulheres no Brasil. Poucos estudos têm abordado o comportamento sexual masculino heterossexual. Um estudo realizado com 597 homens de 21 a 50 anos na cidade de São Paulo explorou vários aspectos relativos ao sexo mais seguro, tais como parceiras sexuais, conhecimento de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)/AIDS, percepção de risco e práticas auto protetoras, visando assim contribuir para a prevenção da AIDS. Os resultados mostram que, à semelhança de outros países, a proporção de homens que se engajam em práticas sexuais com outros homens é pequena (5%), que maior proporção de jovens têm um comportamento de auto proteção, seja em relação à múltiplas parcerias simultâneas ou ao uso do preservativo, que o conhecimento sobre a AIDS é muito difundido, mas sobre as DST é bem menor; que embora a percepção de risco aumente o comportamento de auto proteção, a presunção do comportamento da parceira influencia esta percepção de risco colocando em situação vulnerável homens e mulheres.

Keywords : Doenças Sexualmente Transmissíveis; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; Comportamento Sexual; Homens.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese