SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue4Hospitalization for bronchiolitis: a risk factor for recurrent wheezingCapture-recapture methodology: an option for surveillance of non-communicable diseases in the elderly author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

FREITAS, Eni Devay de; PAIM, Jairnilson Silva; SILVA, Lígia Maria Vieira da  and  COSTA, Maria da Conceição Nascimento. Evolução e distribuição espacial da mortalidade por causas externas em Salvador, Bahia, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2000, vol.16, n.4, pp. 1059-1070. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2000000400024.

A partir de 1980, as mortes violentas vêm se destacando como segunda principal causa de óbito no Brasil, tornando-se um importante problema de saúde pública. Este trabalho tem como objetivo descrever a evolução e a distribuição espacial das mortes violentas no espaço urbano de Salvador, uma cidade do Nordeste do Brasil, nos anos de 1988, 1991 e 1994. Trata-se de um estudo ecológico, cujos dados de mortalidade foram obtidos das Declarações de Óbito e dos arquivos do Instituto Médico Legal. Observou-se um aumento de 34,6% no número de mortes violentas entre os anos de 1988 e 1994. As maiores taxas de mortalidade ocorreram no sexo masculino nas faixas etárias de 20-29 (192,0 a 262,0/100.000) anos e de 65 anos ou mais (188,7 a 258,1/100.000). Os homicídios destacaram-se como primeira causa de morte em cerca de 75% dos distritos sanitários. Os autores discutem a necessidade de políticas públicas integradas e um conhecimento interdisciplinar para explicar as causas e enfrentar o problema da violência.

Keywords : Morte Súbita; Mortalidade; Violência; Análise Espacial.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese