SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue1Dr. Sackett & "Mr. Sacketeer"... enchantment and disenchantment in the land expertise in evidence-based medicineHourly frequency and seasonality of Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae) on São Luís Island, Maranhão, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

DINIZ, Debora. As fronteiras da pesquisa antropológica: Ética, Autonomia e Tráfico de Órgãos. Um comentário a The Global Traffic in Human Organs, de Nancy Scheper-Hughes. Cad. Saúde Pública [online]. 2001, vol.17, n.1, pp. 215-219. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2001000100022.

O debate sobre os fundamentos éticos da comercialização de partes do corpo humano cresce a cada dia na bioética. Este artigo discute os princípios da ética e da autonomia contidos no mais importante estudo etnográfico sobre o tráfico internacional de órgãos, trabalho coordenado pela antropóloga Nancy Scheper-Hughes. O artigo mostra que a defesa da ética da não-comercialização exige o reconhecimento de fundamentos absolutos e inalienáveis para o ser humano, um pressuposto político cuja legitimidade os antropólogos relativistas resistem em reconhecer.

Keywords : Tráfico de Órgãos; Pesquisa; Antropologia; Ética.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese