SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Risk factors for multiple intestinal parasites in an indigenous community of the State of Pernambuco, BrazilDissemination of Chlamydia infection among native Indian groups of the Brazilian Amazon region author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

ARANTES, Rui; SANTOS, Ricardo Ventura  and  COIMBRA JR., Carlos E. A.. Saúde bucal na população indígena Xavánte de Pimentel Barbosa, Mato Grosso, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2001, vol.17, n.2, pp. 375-384. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2001000200012.

Em 1997, foi realizado um levantamento epidemiológico em saúde bucal na comunidade indígena Xavánte de Etéñitépa (ou Pimentel Barbosa), Mato Grosso, Brasil. Foram seguidos os critérios preconizados pela OMS. Aproximadamente metade da amostra (N = 228) apresentou CPOD inferior a 2. Em crianças de 12 a 14 anos, observou-se um CPOD de 3,7. O índice CEO foi mais elevado aos seis anos (5,6). A freqüência de dentes obturados é bastante reduzida, apontando para o pouco acesso a serviços odontológicos. As má-oclusões (classificação de Angle) apresentam baixa ocorrência, assim como a doença periodontal em estado avançado (avaliada pelo ICNTP). A comparação dos resultados do inquérito realizado em 1997 com levantamentos conduzidos em 1962 e 1991 revelou uma tendência de deterioração das condições de saúde bucal. Argumenta-se que mudanças na dieta (notadamente consumo de açúcar e de outros produtos industrializados), relacionadas a alterações sócio-econômicas e ambientais advindas da interação com a sociedade nacional envolvente, aliadas à falta de programas preventivos, estão entre as principais causas da deterioração nas condições de saúde bucal dos Xavánte.

Keywords : Odontologia em Saúde Pública; Saúde bucal; Xavánte; Índios Sul-Americanos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese