SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Dissemination of Chlamydia infection among native Indian groups of the Brazilian Amazon regionHealth and disease among Panará (Kreen-Akarôre) Indians in Central Brazil after twenty-five years of contact with our World, with an emphasis on tuberculosis author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

WIIK, Flávio Braune. Contato, epidemias e corpo como agentes de transformação: um estudo sobre a AIDS entre os Índios Xokléng de Santa Catarina, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2001, vol.17, n.2, pp. 397-406. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2001000200014.

A partir da análise dos episódios de AIDS que acometeram os Índios Xokléng em 1988, o presente artigo visa referir fenômenos de doença a rupturas e transformações socioculturais ocorridas nesse universo com base na história de contato com a sociedade abrangente. A interpretação e a análise da relação estabelecida são feitas à luz de teorias antropológicas acerca da centralidade que corpo, corporalidade e processos corporais degenerativos ocupam nas sociedades indígenas brasileiras. Propõe-se que corpo, sociedade e agentes macroconjunturais são articulados pela práxis; por isso, devem ser relacionados nos estudos socio-antropológicos concernentes aos fenômenos de doença. O artigo traz a descrição sucinta das epidemias advindas com o contato, tentando vinculá-las aos contextos históricos específicos que o marcaram. Categorias da etnomedicina, cosmologia e corporalidade Xokléng são associadas à organização social e aos casos de AIDS. Estes são apresentados tendo, como enfoque principal, a ligação estabelecida entre seu advento e as transformações no universo Xokléng em função da construção da Barragem Norte junto a sua Terra.

Keywords : Mudança Social; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; Xokléng; Índios Sul-Americanos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese