SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue3Determinants of postpartum weight gain retention: a literature review"Knowing about AIDS" and sexual precautions among low-income women from the southern area of Buenos Aires. Notes for defining prevention policies author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

WUNSCH FILHO, Victor  and  GATTAS, Gilka J Figaro.. Biomarcadores moleculares em câncer: implicações para a pesquisa epidemiológica e a saúde pública. Cad. Saúde Pública [online]. 2001, vol.17, n.3, pp. 467-480. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2001000300003.

O desenvolvimento das áreas de genética e biologia molecular tem sido admirável nas últimas décadas e isso tem repercutido intensamente na epidemiologia. Neste artigo, discute-se a ampliação das fronteiras da pesquisa epidemiológica em câncer com a incorporação das técnicas da genética e da biologia molecular. Examina-se o conhecimento atual dos biomarcadores de exposição e de suscetibilidade, o papel das mutações genéticas na carcinogênese, a aplicação destas nos estudos epidemiológicos e implicações para a prevenção. Perscrutando o meio interno dos indivíduos, a epidemiologia molecular e a genética representam um avanço tanto para a avaliação da exposição, quanto para a detecção de indivíduos suscetíveis, e possuem imenso potencial para ampliar a compreensão dos mecanismos da carcinogênese e dos efeitos de fatores de risco no câncer. Entretanto, por serem necessariamente mais invasivas, essas abordagens remetem a importantes questões no campo da ética. A comunidade científica de saúde pública e a sociedade devem guardar vigilância sobre os usos e aplicações deste novo conhecimento, avaliando seus desdobramentos à luz da bioética

Keywords : Câncer; Genética; Biologia Molecular; Epidemiologia Molecular; Métodos Epidemiológicos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese