SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue6Reliability of diagnostic instruments: investigating the psychiatric DSM-III checklist applied to community samplesPerinatal health and mother-child health care in the municipality of São Luís, Maranhão State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

RAMOS JR., Alberto N.  and  CARVALHO, Diana Maul de. Os diferentes significados da certificação conferida ao Brasil como estando livre da doença de Chagas. Cad. Saúde Pública [online]. 2001, vol.17, n.6, pp. 1403-1412. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2001000600024.

Discutem-se as diferentes repercussões da certificação concedida em março de 2000 a alguns estados do Brasil, em virtude da eliminação da transmissão da doença de Chagas pelo Triatoma infestans. Resultado, em grande parte, das ações do Programa de Controle da Doença de Chagas (PCDCh), estruturado no Brasil a partir de 1975, e das ações definidas pela Iniciativa dos Países do Cone Sul, em 1991, o significado desta certificação foi incorporado de diferentes formas. A questão principal discutida no artigo é a confusão estabelecida entre eliminação da transmissão vetorial da doença de Chagas pelo T. infestans e erradicação da doença de Chagas. Discute-se o controle vetorial da endemia chagásica no País, em especial na Região Nordeste, onde o T. infestans não representa a principal espécie vetora na maioria dos seus estados. Ressalta-se a importância de discutir amplamente a questão do controle dessa endemia no Brasil, no sentido de evitar que informações inapropriadas sejam difundidas, confundindo a opinião pública, com possíveis prejuízos para o efetivo controle da doença de Chagas.

Keywords : Doenças de Chagas; Controle de Vetores; Triatoma infestans.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese