SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue6HIV, HPV, and syphilis prevalence in a women's penitentiary in the city of São Paulo, 1997-1998Changes in the Declaration of Helsinki: economic fundamentalism, ethical imperialism and social control author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SOUZA, Norma Suely Souto; CARVALHO, Fernando Martins  and  FERNANDES, Rita de Cássia Pereira. Hipertensão arterial entre trabalhadores de petróleo expostos a ruído. Cad. Saúde Pública [online]. 2001, vol.17, n.6, pp. 1481-1488. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2001000600032.

Realizou-se um estudo transversal, com componente retrospectivo, buscando analisar a exposição ocupacional a ruído como possível fator de risco para a hipertensão arterial entre 775 trabalhadores de uma área de perfuração de petróleo. Considerou-se hipertensos os trabalhadores com pressão sangüínea ³ 140/90mmHg. A exposição ocupacional a ruído foi avaliada através de dois indicadores: (1) exposição à pressão sonora ³ 85dbA por 10 ou mais anos e (2) perda auditiva induzida pelo ruído (PAIR) de moderada a severa. Os efeitos da idade, escolaridade, trabalho de turno e obesidade foram avaliados através de técnicas de estratificação e análise de regressão logística. Associação positiva entre exposição ocupacional a ruído e hipertensão arterial foi evidenciada, usando-se tanto nível/duração de exposição a ruído (RP = 1,8; IC 95%: 1,3-2,4), quanto diagnóstico de PAIR (RP = 1,5; IC 95%: 1,1-2,0) como indicadores de exposição. Considerados os limites do estudo, exposição ocupacional prolongada a ruído parece ser um fator de risco para a hipertensão arterial.

Keywords : Hipertensão; Perda Auditiva Provocada por Ruído; Ruído; Saúde Ocupacional.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese