SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue6Biological warfare, bioterrorism and public healthCommon vampire bat attacks on humans in a village of the Amazon region of Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SCHATZMAYR, Hermann G.. A varíola, uma antiga inimiga. Cad. Saúde Pública [online]. 2001, vol.17, n.6, pp. 1525-1530. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2001000600037.

A varíola acompanhou o homem por muitos séculos, causando mortes e lesões graves e irreversíveis. Usada como arma biológica em situações de guerra, volta a ser tema de discussão no mundo exatamente por essa possibilidade, apesar de ter sido erradicada das Américas em 1971, e do mundo em 1977. Os dados acumulados durante as Campanhas de Erradicação, mostram que a infecção se disseminava com relativa lentidão, através de contato muito próximo do receptor com o paciente. Infecções sub-clínicas em não-vacinados eram raras e vacinações de bloqueio em torno de novos casos, desde que estes fossem identificados e confirmados com rapidez, eram capazes de impedir a disseminação da infecção. As transmissões indiretas através de aerossóis eram menos comuns. Vacinados mesmo uma única vez, raramente apresentavam doença grave, no caso de reinfecção. A possibilidade de uso do vírus da varíola como arma biológica deve ser considerada como real, apesar de, com base nos conhecimentos atuais, serem necessárias suspensões virais de alta potência, lançadas muito próximo das pessoas a serem atingidas em grande número.

Keywords : Controle de Doenças Transmissíveis; Bioterrorismo; Varíola.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese