SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue6A literature review on pharmacists' interventions in the use of medication by elderly patientsPreventable infant mortality and quality of health care: maternal perception of the child's illness and treatment author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SANT'ANNA, Ana Rosária  and  LOPES, Marta Julia Marques. Homicídios entre adolescentes na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil: vulnerabilidade e culturas de gênero. Cad. Saúde Pública [online]. 2002, vol.18, n.6, pp. 1509-1517. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2002000600003.

Este é um estudo quanti/qualitativo sobre homicídios entre adolescentes em Porto Alegre, tendo como base uma seriação histórica para a década de 90 e as histórias de vida e morte nesse grupo, particularizando o ano de 1997. Nesse ano houve 68 homicídios na faixa etária de 10 a 19 anos, dos quais 62 do sexo masculino e 6 do sexo feminino, numa razão de 10:1, mostrando que os homens estão mais vulneráveis e suscetíveis a morrer por essa causa de morte. Admite-se, a partir disso, que as formas de morrer sofrem influência das culturas de gênero e os homicídios se sustentam em símbolos e posições de poder que caracterizam um tipo de masculinidade. Essa expressão de masculinidade na forma de violência mostra sua face também no domínio sobre o corpo feminino, observado nas situações de homicídio envolvendo as mulheres adolescentes. Esses achados apontam para a conotação relacional e para a assimetria social, expressão das culturas de gênero, como atributos explicativos. As histórias de vida e morte desses adolescentes mostram a pertinência das análises baseadas no gênero como categoria teórico-analítica, além das análises que contemplam os aspectos sócio-econômicos e as iniqüidades sociais.

Keywords : Homicídios; Adolescência; Gênero.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English