SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue6What is garbage, anyway? The opinions of women from an outlying neighborhood in a large Brazilian cityA study of groundwater contamination with organic fuels and potential public health impact in Itaguaí, Rio de Janeiro State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

GALVAO, Márcio A. M. et al. Rickettsioses emergentes e reemergentes numa região endêmica do Estado de Minas Gerais, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2002, vol.18, n.6, pp. 1593-1597. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2002000600013.

O trabalho descreve um inquérito sorológico para rickettsioses em escolares e cães de Novo Cruzeiro, Minas Gerais, Brasil, em 1998. Trezentos e trinta e um escolares pertenciam a uma área endêmica e 142 a uma área não endêmica do município. Trinta e nove (10,1%) soros foram reativos à Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) para Rickettsia rickettsiino título de 1:64, sendo que dentre esses reativos, 35 eram de estudantes de escolas de área endêmica. Dentre os 73 cães analisados quanto à presença de anticorpos anti R. rickettsii, anti Ehrlichia chaffeensise anti Ehrlichia canisà RIFI no título de 1:64, 3 (4,11%), 11 (15,07%) e 13 (17,81%) desses animais foram reativos respectivamente aos antígenos testados. Conclui-se que, a sororeatividade para R. rickettsiiem indivíduos sadios sem história prévia de febre maculosa brasileira, uma doença marcante por sua alta letalidade, e a presença de sororeatividade para Ehrlichiacom potencial patogênico para o homem em cães, nos leva a indagar sobre a transmissão ao homem de outras espécies da família Rickettsiae na área estudada.

Keywords : Rickettsia Rickettsii; Rickettsioses; Ehrlichia; Febre Maculosa das Montanhas Rochosas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese