SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue6Anemia in public school first graders in the city of Maceió, Alagoas, BrazilHealth sector reform in Colombia and its effects on tuberculosis control and immunization programs author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

SESSA, Paulo Augusto; PIMENTEL, Ricardo Ramos; FERREIRA, Adelson Luiz  and  FALQUETO, Aloísio. Soroprevalência da doença de Chagas em crianças em idade escolar do Estado do Espírito Santo, Brasil, em 1999-2000. Cad. Saúde Pública [online]. 2002, vol.18, n.6, pp. 1765-1769. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2002000600031.

Embora o Estado do Espírito Santo não seja considerado endêmico para a doença de Chagas, triatomíneos silvestres que lá ocorrem freqüentemente invadem as casas, com chances de transmissão da doença às pessoas. Avaliou-se o padrão epidemiológico da moléstia no Estado por meio de um inquérito sorológico realizado em 5.243 escolares de 7 a 14 anos de idade, residentes em 17 municípios. Os testes de Imunofluorescência Indireta, Hemaglutinação Indireta e Imunoenzimático (ELISA) foram positivos em apenas uma pessoa, representando 0,019% do total. O resultado foi semelhante aos encontrados por outros autores em investigações anteriores. Concluiu-se que, apesar da intensa destruição da Mata Atlântica ocorrida nas últimas décadas, o padrão epidemiológico da doença de Chagas permanece estável, a julgar pelo resultado dos testes sorológicos.

Keywords : Doença de Chagas; Triatominae; Saúde Infantil; Estudos Soroepidemiológicos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese