SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue1A perspective on living conditions: child and adolescent mortality in Manguinhos, Rio de Janeiro, BrazilAn analysis of the implementation of Committees on Maternal Mortality in Brazil: a case study of the São Paulo State Committee author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

DINIZ, Debora. Autonomia reprodutiva: um estudo de caso sobre a surdez. Cad. Saúde Pública [online]. 2003, vol.19, n.1, pp. 175-181. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2003000100019.

O princípio ético da autonomia reprodutiva é um dos eixos fundamentais das teorias bioéticas. As técnicas de diagnóstico pré-natal e o avanço da genética vêm ampliando o leque das possibilidades de escolha reprodutiva, permitindo, por exemplo, a seleção em casos de diagnóstico de má-formação fetal. Neste artigo, o caso da surdez será analisado, em especial o argumento da comunidade Surda que defende a preferência pelo nascimento de crianças surdas como forma de manutenção da identidade cultural surda. O argumento culturalista dessa comunidade, o de que a surdez não deve ser considerada uma deficiência, é discutido, sendo ponderado em que medida as decisões reprodutivas de futuros pais podem limitar o desenvolvimento de seus futuros filhos.

Keywords : Surdez; Genética; Bioética.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese