SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue2Western medicine and alternative medicines: can they be complementary? Conceptual reflectionsCollective health, the new genetics, and market eugenics author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Cadernos de Saúde Pública

On-line version ISSN 1678-4464Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BONCIANI, Rosa Dalva F.  and  SPINK, Mary Jane P.. Morte por AIDS ou morte materna: a classificação da mortalidade como prática social. Cad. Saúde Pública [online]. 2003, vol.19, n.2, pp.645-652. ISSN 1678-4464.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2003000200031.

O artigo trata da decisão de inclusão ou exclusão de óbitos de mulheres em idade fértil, com HIV/AIDS, nas estatísticas de mortalidade materna. Foram analisados os casos referentes ao ano de 1998, investigados pelo Comitê Central de Mortalidade Materna do Município de São Paulo (CCMM-MSP). Tendo como enquadre a abordagem construcionista, a pesquisa utilizou como fonte de dados, relatórios e entrevistas com o presidente do CCMM-MSP e membros de um comitê municipal regional. Buscou-se apontar aspectos presentes na seleção, investigação e classificação final das mortes maternas investigadas, focalizando os espaços de negociação entre os vários atores envolvidos no processo. A análise sugere que, quando se trata de óbitos de mulheres com HIV/AIDS, interferem ainda outros fatores como a precedência do status soropositivo para o HIV e os aspectos morais e simbólicos da AIDS. Concluiu-se que o aperfeiçoamento das estatísticas por meio da melhor compreensão da decisão de inclusão ou exclusão de casos é apenas um lado da questão; faz-se necessário também, melhorar a qualidade da assistência ao ciclo gravídico-puerperal para evitar a ocorrência dessas mortes.

Keywords : Mortalidade Materna; Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; HIV.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )