SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue5The Pelotas birth cohort study, Rio Grande do Sul, Brazil, 1982-2001 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

KAZANJI, Mirdad  and  GESSAIN, Antoine. Os Vírus T-Linfotrópicos Humanos tipo I (HTLV-I) e tipo II (HTLV-II) na Guiana Francesa: epidemiologia clínica e molecular. Cad. Saúde Pública [online]. 2003, vol.19, n.5, pp. 1227-1240. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2003000500002.

Os autores apresentam uma revisão dos estudos epidemiológicos realizados pelo seu grupo de pesquisa sobre a infecção pelos vírus T-linfotrópicos humanos tipo I (HTLV-I) e tipo II (HTLV-II) e doenças associadas na Guiana Francesa, desde 1984. A Guiana Francesa é um Departamento de Ultramar da França, situado entre o Brasil e o Suriname. A população é caracterizada por uma grande variedade de grupos étnicos, incluindo diversas comunidades de origem africana e outras de origem indígena. Diversos inquéritos epidemiológicos sobre gestantes e em aldeias remotas mostraram que o HTLV-I é altamente endêmico nessas áreas, mas que o vírus é restrito a grupos de origem africana, particularmente os Noir-Marrons. Nessa população endêmica, os resultados de uma análise de segregação num estudo epidemiológico genético eram coerentes com a presença de um gene maior dominante determinando a predisposição para a infecção pelo HTLV-I, especialmente em crianças. Por outro lado, a infecção pelo HTLV-II parece ser rara na Guiana Francesa, tendo sido encontrada apenas em alguns indivíduos de origem brasileira. Do ponto de vista molecular, as cepas de HTLV-I presentes entre os Noir-Marrons, Creoles e indígenas parecem ser originárias da África, uma vez que pertencem ao grande genótipo cosmopolita, ou sub-grupo molecular A.

Keywords : Retroviridae; HTLV-I; HTLV-II; Variação Genética; Leucemia de Células T.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English