SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue5Alternative care options for pregnancy in Jalisco, MexicoEvaluation of the effectiveness of the congenital syphilis elimination campaigns on reducing the perinatal morbidity and mortality: Rio de Janeiro, 1999-2000 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

TEMPORAO, José Gomes. O mercado privado de vacinas no Brasil: a mercantilização no espaço da prevenção. Cad. Saúde Pública [online]. 2003, vol.19, n.5, pp. 1323-1339. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2003000500011.

Este artigo tem como objetivo principal a análise do mercado de vacinas no Brasil, que está caracterizado como composto de dois segmentos com práticas e lógicas distintas: o segmento público voltado para a oferta ao interior do Sistema Único de Saúde (SUS) e o privado que se organiza em torno de clínicas, consultórios e outros espaços privados. O segmento privado, aqui estudado pela primeira vez, é caracterizado em relação à estrutura da oferta e da demanda. Os aspectos históricos de sua estruturação são analisados tomando-se como referência a criação de uma das primeiras clínicas de imunização do país. Busca-se caracterizar este segmento em relação à sua dimensão em termos econômicos (importações e vendas), principais fabricantes e produtos comercializados. Sua dimensão econômica que revelou-se muito superior ao inicialmente aventado. Os números obtidos permitem considerá-lo como um dos principais segmentos de mercado da indústria farmacêutica no país, em termos de volume de vendas. Detecta-se a penetração de lógicas privatizantes em um espaço que sempre foi marcadamente público, com isso introduzindo no SUS um novo espaço de quebra dos princípios da eqüidade e universalidade.

Keywords : Mercado de Vacinas; Indústria Farmacêutica; Vacinas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese