SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue5Cooperation and conflict in childbirth care: representations and practices of nurses and obstetriciansOverweight and obesity prevalences in male adolescents in Northeast Brazil, 1980-2000 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

TAQUETTE, Stella R.; RUZANY, Maria Helena; MEIRELLES, Zilah  and  RICARDO, Isabel. Relacionamento violento na adolescência e risco de DST/AIDS. Cad. Saúde Pública [online]. 2003, vol.19, n.5, pp. 1437-1444. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2003000500022.

Com o objetivo de verificar se o relacionamento afetivo com violência está associado a um maior risco de DST/AIDS, foi realizada uma pesquisa com jovens entre 14 e 22 anos, moradores de comunidades carentes de dois bairros da cidade do Rio de Janeiro. Utilizou-se método qualitativo por meio de grupos focais de gênero e entrevistas individuais. Na análise do material coletado observou-se que a violência faz parte do cotidiano desses jovens nas comunidades em que vivem e dentro de suas próprias famílias. Os fatores identificados como geradores de violência no relacionamento interpessoal foram: falta de dinheiro e de emprego, uso de drogas e álcool, ciúme e infidelidade. Os adolescentes afirmaram que não há negociação quanto ao uso de preservativo quando o parceiro é violento, o que pode ter como conseqüência um maior risco de DST/AIDS. Os resultados indicam que o problema da violência é multifatorial e quando está presente nos relacionamentos interpessoais pode dificultar a proteção em relação às DST/AIDS.

Keywords : Violência; Adolescente; Sexualidade; Comportamento de Risco; Doenças Sexualmente Transmissíveis.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese