SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue5Pedagogical approaches and educational practices in health sciencesAsthma mortality in the Municipality of São Paulo (1993-1995): analysis by multiple cause of death author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

HEUKELBACH, Jörg; OLIVEIRA, Fabíola Araújo Sales de  and  FELDMEIER, Hermann. Ectoparasitoses e saúde pública no Brasil: desafios para controle. Cad. Saúde Pública [online]. 2003, vol.19, n.5, pp. 1535-1540. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2003000500032.

Doenças ectoparasitárias como a escabiose, a pediculose, a tungíase e a larva migrans cutânea são hiperendêmicas em inúmeras comunidades carentes no Brasil, e não raramente associadas à severidade considerável. Entretanto, programas que priorizem o controle de ectoparasitas não existem em nível de saúde pública no país. Como conseqüência da alta contagiosidade, de manejo inadequado, de negligência tanto da população como dos profissionais de saúde e/ou da presença de reservatórios animais, além de ciclos de vida complexos, o controle efetivo das ectoparasitoses é um desafio para a saúde pública. Aqui discutimos possíveis medidas de intervenção para o controle de doenças ectoparasitárias em comunidades afetadas, baseadas em tratamento em massa, educação em saúde e, caso se aplique, na erradicação dos reservatórios animais.

Keywords : Ectoparasitoses; Comunidades Vulneráveis; Saúde Urbana; Vigilância Sanitária.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese