SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue6The expanded enrolment form in the Brazilian Family Health Program as a management tool for diagnosis of living and health conditionsLow-income senior citizens in the Municipality of São Carlos, São Paulo State, Brazil: an epidemiological survey author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

CARVALHO, Luiz Eduardo Campos de; CECATTI, José Guilherme; OSIS, Maria José Duarte  and  SOUSA, Maria Helena de. Número ideal de filhos como fator de risco para laqueadura tubária. Cad. Saúde Pública [online]. 2004, vol.20, n.6, pp. 1565-1574. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2004000600014.

O objetivo deste artigo é avaliar a associação entre o número ideal de filhos (NIF) e a realização da laqueadura. Foi feito um estudo de caso-controle aninhado, com base em uma análise secundária de dados obtidos em um estudo de coorte sobre a saúde reprodutiva de mulheres em Campinas, São Paulo, Brasil, que teve como sujeitos 3.878 mulheres, das quais 1.012 eram laqueadas (casos). A relação entre NIF e o número de nascidos vivos (NV) foi dividida em duas categorias (NIF > NV e NIF ¾ NV). Foram calculados os riscos relativos estimados (odds ratio) para a realização de laqueadura e seus respectivos intervalos de confiança (IC) 95% para a relação NIF/NV, estratificando-se para outras dez variáveis. Todas as variáveis preditoras foram incluídas em um modelo de regressão logística para identificar os fatores independentemente associados à esterilização definitiva. Observou-se que o risco de laqueadura foi maior entre as mulheres com NIF < NV, maior idade, maior renda familiar, com companheiro, com mais de duas gestações, maior número de partos, com menor número de abortos e sem trabalho remunerado.

Keywords : Métodos Anticoncepcionais; Laqueadura Tubária; Planejamento Familiar; Controle da Natalidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese