SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue4Women and healthcare services in Mexico: the struggle to avoid becoming "bedridden"Evaluation of human albumin use in a Brazilian hospital author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

GARNELO, Luiza  and  SAMPAIO, Sully. Organizações indígenas e distritalização sanitária: os riscos de "fazer ver" e "fazer crer" nas políticas de saúde. Cad. Saúde Pública [online]. 2005, vol.21, n.4, pp. 1217-1223. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2005000400024.

O trabalho se propõe a analisar repercussões etnopolíticas, éticas e sanitárias nas práticas das organizações indígenas, conveniadas com o Ministério da Saúde, ligadas ao processo de implantação dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) no Estado do Amazonas, Brasil. Os DSEI escolhidos para análise foram o de Manaus e do Rio Negro. As informações trabalhadas são retiradas de relatórios de encontros, reuniões de planejamento e de gestão das convenentes indígenas, da observação participante em eventos de avaliação do processo de distritalização e entrevistas com gerentes indígenas e não indígenas dos DSEI. É discutida a ambigüidade das organizações indígenas de ter que exercer o seu papel político e ao mesmo tempo de executoras de uma política do Estado, assumindo como uma forma de superação do estigma de incapacidade de estar à frente do processo de implantação dos DSEI.

Keywords : Política de Saúde; Índios Sul-Americanos; Organizações.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese