SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue5Managerial performance in public health services: a case study in Mato Grosso do Sul, BrazilEducational techniques in diabetes treatment author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BAIOCHI, Eduardo; CAMANO, Luiz  and  BORDIN, José Orlando. Avaliação da hemorragia feto-materna em puérperas com indicação para ministração de imunoglobulina anti-D. Cad. Saúde Pública [online]. 2005, vol.21, n.5, pp. 1357-1365. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2005000500007.

Avaliamos a ocorrência da hemorragia feto-materna entre 343 puérperas que receberiam profilaxia da aloimunização Rh com emprego de imunoglobulina anti-D. Realizamos o teste de roseta para triagem dos casos que necessitariam determinação quantitativa do volume de sangue fetal transferido para circulação materna, que foi então apurado pelo teste de Kleihauer-Betke (K-B). O teste de roseta apresentou resultado positivo em 22 casos (6,4%). Em cinco dessas amostras o teste de K-B não apontou hemorragia feto-materna (falso positivo do teste de roseta de 1,45%) e noutra a leitura do teste não foi conclusiva. Tivemos oito casos com volume apurado de hemorragia feto-materna < 10ml (2,3%), seis com hemorragia feto-materna entre 10 e 30ml (1,7%) e duas puérperas apresentaram transferência sangüínea feto-materna maior que 30ml (0,58%), necessitando suplementação além da dose padrão de anti-D. O teste de roseta dispensou 93,6% das pacientes da avaliação adicional da hemorragia feto-materna por método quantitativo.

Keywords : Eritroblastose Fetal; Transfusão Feto-materna; Imunoglobina Rho(D).

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese