SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue5Victims of color: homicides in Greater Metropolitan São Paulo, Brazil, 2000Adherence to antiretroviral therapy: a qualitative study with physicians from Rio de Janeiro, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BASTOS, João Luiz Dornelles; NOMURA, Lincon Hideo  and  PERES, Marco Aurélio. Dor de dente e sua relação com condições sócio-econômicas e cárie dentária em adultos jovens do sexo masculino no Sul do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2005, vol.21, n.5, pp. 1416-1423. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2005000500014.

Nesse estudo, objetivou-se estimar a prevalência de dor de dente e testar sua associação com cárie dentária e condições sócio-econômicas em jovens de 18 anos do sexo masculino de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Realizou-se estudo transversal em uma amostra aleatória (n = 414) de alistandos do Exército Brasileiro no ano de 2003. Dor de dente, relatada até 12 meses prévios à pesquisa, foi o desfecho investigado. Coletaram-se dados sócio-econômicos por meio de questionário. Cárie dentária foi aferida utilizando-se o índice CPOD. Utilizou-se análise de regressão logística múltipla não condicional, segundo um modelo hierárquico de determinação. A taxa de resposta foi de 95,6%. Alta reprodutibilidade diagnóstica foi atingida (kappa > 0,83). A prevalência de dor de dente foi de 21,2% (IC95%: 17,3-25,1). Após o ajuste entre as variáveis, identificou-se que jovens com um ou mais dentes cariados não tratados apresentaram uma chance 3,2 vezes maior (IC95%: 1,7-5,8) de relatar dor de dente em relação aos livres de cárie não tratada. Jovens de famílias com baixa renda apresentaram chance 1,8 vez maior (IC95%: 1,0-3,3) de acusarem dor em relação aos de maior renda.

Keywords : Odontalgia; Classe Social; Fatores de Risco.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English