SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue2Does health status explain gender dissimilarity in healthcare use among older adults?Risk factors and predictors of induced abortion: a population-based study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BERTOLINO, Carla Novaes  and  GRUPO DE ESTUDOS DE DIABETES EM NIPO-BRASILEIROS et al. Influência do consumo alimentar de ácidos graxos trans no perfil de lipídios séricos em nipo-brasileiros de Bauru, São Paulo, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.2, pp. 357-364. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006000200013.

A influência da alteração do consumo de ácidos graxos trans nos níveis de lipídios séricos foi avaliada em 328 nipo-brasileiros de primeira (issei) e segunda geração (nisei), entre 40 e 79 anos, em 1993, participantes de dois inquéritos de saúde e nutrição realizados em 1993 e 2000. A relação entre a diferença do consumo de ácidos graxos trans e a diferença entre os níveis de lipídios séricos entre os dois inquéritos foi analisada em modelos de regressão linear múltiplos. Em ambos os gêneros, observou-se redução estatisticamente significante no consumo total de gordura trans, acompanhado de redução dos níveis séricos de LDL colesterol e aumento do HDL colesterol em sete anos de seguimento. Os valores médios de ingestão de gordura trans (percentual das calorias totais) em 1993 e 2000 foram: 5,1% e 3,4% para mulheres e 4,7% e 3,3% para homens, respectivamente. Apesar da ausência de associação entre as alterações do consumo de ácidos graxos trans e alterações no perfil de lipídios séricos, o nível de ingestão de gordura trans foi acima do recomendado pela OMS (até 1% das calorias totais).

Keywords : Ácidos Graxos Trans; Lipídios; Consumo de Alimentos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese