SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue2Nutritional status and social determinants of child height in the Guarita Indigenous Territory, Southern BrazilSleeping habits related to sudden infant death syndrome: a population-based study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

MARTINS, Christine Baccarat de Godoy; ANDRADE, Selma Maffei de  and  PAIVA, Priscila Aparecida Batista de. Envenenamentos acidentais entre menores de 15 anos em município da Região Sul do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.2, pp. 407-414. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006000200018.

O estudo teve como objetivo analisar as características de envenenamentos acidentais entre menores de 15 anos residentes em Londrina, Paraná, Brasil, em 2001. Os dados foram obtidos em prontuários dos hospitais gerais, do Centro de Controle de Intoxicações e no Núcleo de Informação em Mortalidade da cidade. Foram observadas 473 vítimas de envenenamento acidental, representando um coeficiente de incidência de 399,8 por 100 mil crianças, sendo 60% por exposição a substância nociva e 40% por contato com planta ou animais venenosos. Maior risco foi observado na faixa de um a três anos, por exposição a substâncias nocivas. Entre os acidentes causados por exposição a substâncias nocivas (284 casos), predominaram os por medicamentos (47,5%), pesticidas (14,1%) e produtos de limpeza (11,3%), com internação de 17,2% das crianças. Entre os envenenamentos por contato com animais/plantas (189 casos), predominaram os causados por lagartas (29,1%), abelhas (25,9%) e aranhas (22,8%), com internação de 1,1%. Conclui-se que é alta a incidência de envenenamentos e que há diferenciais nos agentes envolvidos de acordo com a faixa etária da criança, o que pode contribuir para evitar esses eventos.

Keywords : Morbidade; Substâncias Tóxicas; Envenenamento.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese