SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue2Accidental poisoning among children and adolescents in a county in southern BrazilThe magnitude of intimate partner violence in Brazil: portraits from 15 capital cities and the Federal District author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

GEIB, Lorena Teresinha Consalter  and  NUNES, Magda Lahorgue. Hábitos de sono relacionados à síndrome da morte súbita do lactente: estudo populacional. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.2, pp. 415-423. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006000200019.

O estudo transversal, que descreve os hábitos de sono com risco potencial para a síndrome da morte súbita do lactente, incluiu todas as crianças nascidas vivas em 2003, em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil, com coleta de dados nas Declarações de Nascidos Vivos e em entrevistas, analisados com estatística descritiva e teste de qui-quadrado. Dos 2.634 nascidos vivos, selecionaram-se 2.285 (86,75%), com exclusão de 8,4% e perda de 5,2%. Dentre os hábitos protetores, constatou-se, em 77% dos lactentes, uso de vestuário adequado, 90% envolvidos frouxamente, 69% com cobertas de espessura fina, 98% dormindo no quarto dos pais e 56%, no berço. Dos hábitos com potencial risco, observaram-se decúbito lateral (92%), uso de travesseiro (88%) e os pés distanciados da borda inferior do berço (96%). Nas classes econômicas pobres, o hábito da criança de compartilhar a cama foi significativo (p = 0,00). Assim, num município com baixa prevalência de síndrome da morte súbita, os lactentes são expostos tanto a hábitos de sono protetores como de risco, sugerindo que, em populações desfavorecidas de países em desenvolvimento, outros fatores de risco dessa síndrome devam ser considerados.

Keywords : Lactente; Sono; Morte Infantil Súbita.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese