SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue6Primary health care, basic health care, and family health program: synergies and singularities in the Brazilian contextLactational mastitis and Baby-Friendly Hospital Iniciative, Feira de Santana, Bahia, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

CUSSIOL, Noil Amorim de Menezes; ROCHA, Gustavo Henrique Tetzl  and  LANGE, Liséte Celina. Quantificação dos resíduos potencialmente infectantes presentes nos resíduos sólidos urbanos da regional sul de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.6, pp. 1183-1191. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006000600007.

O objetivo da pesquisa foi o de conhecer a parcela de resíduos potencialmente infectantes ­ aqueles contendo fezes, urina, sangue e fluidos corpóreos ­ de origem domiciliar, presentes nos resíduos sólidos urbanos. Em agosto e setembro de 2002, os resíduos da região Sul de Belo Horizonte foram coletados e levados ao Centro de Tratamento e Disposição Final de Resíduos Sólidos da BR 040, para segregação e quantificação. Os "perfurocortantes" contribuíram com 0,02±0,02% dos resíduos coletados e a presença dos "não-perfurocortantes" foi de 5,47±1,11%. Na categoria "perfurocortante", os aparelhos de barbear predominaram (0,01±0,01%), enquanto que na categoria "não-perfurocortante" as maiores frações foram de papel higiênico (3,00±0,90%), fraldas descartáveis (2,21±1,08%) e absorventes higiênicos (0,22±0,12%). Os resíduos infectantes de origem domiciliar corresponderam ao dobro da fração total (infectante e comum) dos resíduos de unidades de serviços de saúde. A discussão foi feita sob a égide dos perigos à saúde e segurança dos trabalhadores da coleta formal (garis) e informal (catadores de rua e lixões).

Keywords : Resíduos de Serviços de Saúde; Resíduos Domésticos; Resíduos Sólidos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese