SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue7Teenagers and condom use: choices by young Brazilians from three Brazilian State capitals in their first and last sexual intercourseConsidering and submitting to abortion among young people in the context of legal prohibition: the hidden side of teenage pregnancy author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

ALMEIDA, Maria da Conceição C.; AQUINO, Estela M. L.  and  BARROS, Antoniel Pinheiro de. Trajetória escolar e gravidez na adolescência entre jovens de três capitais brasileiras. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.7, pp. 1397-1409. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006000700005.

Este artigo descreve a relação entre características da trajetória escolar de jovens mulheres e homens, e a ocorrência da gravidez na adolescência. Trata-se de um inquérito domiciliar de corte transversal, que entrevistou 4.634 jovens com idade entre 18 e 24 anos, escolhidos por meio de uma amostra estratificada em três estágios. Para este estudo foram selecionados aqueles com idade de 20 a 24 anos (65,6%), sendo a proporção de gravidez na adolescência equivalente a 29,5% para as mulheres e 21,4% para os homens (quanto às suas parceiras). A iniciação sexual foi referida por 87% das moças e 95,3% dos rapazes. A maioria dos jovens apresentou trajetória escolar irregular, sendo que 39% permaneciam estudando na época. Quase metade das jovens que interrompeu os estudos pelo menos uma vez, relatou uma gravidez na adolescência. O motivo principal para interrupção dos estudos foi a gravidez e filhos para as mulheres e o trabalho para os homens. O abandono escolar na ocasião da gravidez na adolescência foi referido por 40,1% das moças cuja gravidez terminou em filho. Contudo, 20,5% já tinham evadido antes de engravidar.

Keywords : Gravidez na Adolescência; Escolaridade; Identidade de Gênero; Sexualidade.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English