SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue11Epidemiology of tegumentary leishmaniasis in São João, Manaus, Amazonas, BrazilRisk society and epidemiological risk author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

On-line version ISSN 1678-4464
Print version ISSN 0102-311X

Abstract

AMORIM, Vivian Mae Schmidt Lima et al. Fatores associados à não realização do exame de Papanicolaou: um estudo de base populacional no Município de Campinas, São Paulo, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.11, pp.2329-2338. ISSN 1678-4464.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006001100007.

O objetivo deste estudo foi analisar a prevalência da não realização do exame de Papanicolaou segundo variáveis sócio-econômicas, demográficas e de comportamentos relacionados à saúde, em mulheres com 40 anos ou mais de idade, residentes no Município Campinas, São Paulo, Brasil. O estudo foi do tipo transversal, de base populacional em uma amostra de 290 mulheres. Os fatores associados à não realização do Papanicolaou, encontrados na análise multivariada, foram: ter de 40 a 59 anos, ser preta/parda, ter escolaridade de até 4 anos. Entre os motivos alegados por quem nunca realizou o Papanicolaou destacam-se: achar desnecessário (43,5%), sentir vergonha (28,1%) e 13,7% por dificuldades relacionadas aos serviços. O SUS foi responsável por 43,2% dos exames de Papanicolaou realizados. Verificou-se a existência de discriminação racial e social na realização do exame, o que enfatiza a necessidade de intervenções que garantam melhor cobertura e atenção às mulheres mais vulneráveis à incidência e mortalidade por câncer do colo do útero.

Keywords : Esfregaço Vaginal; Neoplasia do Colo do Útero; Saúde da Mulher.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )