SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue11Changes in dietary intake among Japanese-Brazilians in Bauru, São Paulo, Brazil, 1993-2000Therapeutical itineraries in poverty situations: diversity and plurality author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

HIRAMATSU, Daniel Afonso; FRANCO, Laércio Joel  and  TOMITA, Nilce Emy. Influência da aculturação na autopercepção dos idosos quanto à saúde bucal em uma população de origem japonesa. Cad. Saúde Pública [online]. 2006, vol.22, n.11, pp. 2441-2448. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006001100018.

O presente estudo busca avaliar a influência da aculturação da população idosa na autopercepção de sua saúde bucal, utilizando metodologia qualitativa. A população-alvo foi composta por quarenta indivíduos divididos em dois grupos principais, o dos pertencentes à primeira geração de imigrantes japoneses e o da segunda geração. Mediante entrevista gravada, foi avaliado o nível de aculturação de cada grupo e sua influência sobre os cuidados tomados com a saúde bucal, a auto-avaliação da condição bucal e o tempo decorrido desde a última visita ao cirurgião-dentista. O processo de aculturação atinge ambos os grupos, porém com maior intensidade o grupo da segunda geração; isso, no entanto, não interfere na autopercepção da saúde bucal desta população. Os principais cuidados tomados com a saúde bucal foram: escovação, uso do fio dental e imersão da prótese em soluções anti-sépticas. Na auto-avaliação da condição bucal, as principais queixas se deram em relação ao uso de próteses; o tempo decorrido desde a última visita ao cirurgião-dentista foi, em média, de 1,4 ano para os não edêntulos e 6,3 anos para os edêntulos.

Keywords : Aculturação; Auto-Imagem; Idoso.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese