SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue2Early determinants of smoking in adolescence: a prospective birth cohort study"Birth weakness": cultural meanings of maternal impressions for infant health in Northeast Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

VIEIRA-DA-SILVA, Ligia Maria et al. Análise da implantação da gestão descentralizada em saúde: estudo comparado de cinco casos na Bahia, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2007, vol.23, n.2, pp. 355-370. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007000200012.

A compreensão das repercussões do processo de des-centralização da saúde no Brasil requer a realização de investigações com enfoques diferenciados, visando a captar a complexidade do objeto a partir de distintos ângulos. Assim, o presente estudo teve por objetivo estimar o grau de implantação da gestão descentralizada da saúde, discutir a influência das características de governo e da gestão em relação ao grau de reorganização das práticas e seus efeitos na saúde da população, por meio de cinco estudos de caso em municípios selecionados da Bahia, Brasil. Foi elaborado um mode-lo teórico-lógico, correspondente à definição de uma "imagem-objetivo" da descentralização da saúde que orientou a elaboração de matriz de indicadores. O estudo revelou que a descentralização sozinha não explica o estágio de organização do sistema municipal de saúde e que características do governo revelaram-se importantes para a reorganização das práticas. Os principais problemas encontrados localizavam-se na gestão do sistema e nas práticas assistenciais, revelando serem estas áreas críticas para futuras intervenções, principalmente no que diz respeito à institucionalização do planejamento e da avaliação, bem como em relação aos projetos intersetoriais.

Keywords : Sistemas de Saúde; Gestão em Saúde; Descentralização.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese