SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue7When, how, and what to drink: alcoholism among Indian peoples in the Upper Rio Negro, BrazilDengue Control Program in São José do Rio Preto, São Paulo State, Brazil: problems with health agents' work and population adherence author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

DIAS, Adriano  and  CORDEIRO, Ricardo. Fração atribuível de acidentes do trabalho decorrentes da exposição ao ruído ocupacional em cidade do Sudeste do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2007, vol.23, n.7, pp. 1649-1655. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007000700016.

O ruído é o mais freqüente dos agentes de exposição ocupacional. Pode proporcionar o desenvolvimento de disfunções auditivas e extra-auditivas, bem como o aumento do risco para acidentes do trabalho. O objetivo deste estudo foi estimar a fração de acidentes do trabalho atribuível à exposição ocupacional ao ruído, ocorridos em uma cidade de porte médio localizada no Sudeste do Brasil. A partir de um estudo caso-controle de base hospitalar, com 600 casos e 822 controles, obtiveram-se os odds ratio de acidentes do trabalho controlados para diversas covariáveis, relacionando trabalhadores expostos ao ruído em quatro níveis, bem como da prevalência destas exposições. Com estes resultados, estimou-se a fração atribuível como 0,3041 (IC95%: 0,2341-0,3676), o que equivale a dizer que mais de 30% dos acidentes do trabalho ocorridos nesta localidade são estatisticamente associados à exposição ocupacional ao ruído. Discute-se a causalidade dessa relação e suas implicações para a prevenção dos acidentes do trabalho.

Keywords : Ruído Ocupacional; Acidentes de Trabalho; Risco Atribuível.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English