SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue11Trends in the use of dental services by elderly Brazilians and related socio-demographic factors based on the National Household Survey (1998 and 2003)Prevalence of hepatitis B and D serological markers in the Parakanã, Apyterewa Indian Reservation, Pará State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Cadernos de Saúde Pública

On-line version ISSN 1678-4464Print version ISSN 0102-311X

Abstract

ANJOS, Luiz A.; FERREIRA, João A.  and  DAMIAO, Jorginete J.. Freqüência cardíaca e gasto energético durante a coleta de lixo domiciliar no Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2007, vol.23, n.11, pp.2749-2755. ISSN 1678-4464.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007001100022.

A carga de trabalho fisiológica é utilizada para estimar a demanda física de uma tarefa na população de trabalhadores adultos; no entanto, nos países em desenvolvimento há poucos dados disponíveis sobre as diversas atividades ocupacionais. Oitenta e três trabalhadores masculinos participaram neste estudo, com o objetivo de avaliar a carga fisiológica do trabalho de coleta de lixo domiciliar no Município do Rio de Janeiro, Brasil. A freqüência cardíaca foi medida em quatro dias de trabalho consecutivos. O gasto energético foi extrapolado a partir da freqüência cardíaca, com base em dados individuais obtidos em laboratório para a curva de freqüência cardíaca/consumo de oxigênio em 70 trabalhadores. A freqüência cardíaca média durante a coleta de lixo era 104,0 ± 11,7bpm, o que representa 56,9 ± 7,5% da freqüência cardíaca máxima. O gasto energético era de 1.608,3 ± 738,5kcal para uma média de 293,1 ± 103,9 minutos de trabalho por dia. Com base em todas as medidas, o trabalho de coleta de lixo domiciliar pode ser classificado como excessivamente pesado. Os dados destacam a necessidade de se desenvolver uma classificação apropriada do trabalho, a ser utilizada em pesquisas sobre saúde do trabalhador e para definir cargas máximas de horas de trabalho em relação à carga de trabalho fisiológica, particularmente nos países em desenvolvimento.

Keywords : Metabolismo Energético; Carga de Trabalho; Trabalhadores; Coleta de Resíduos Sólidos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )