SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue5Prevalence of hemoglobin S in the State of Paraná, Brazil, based on neonatal screeningAssociation between social deprivation and causes of mortality among elderly residents in the city of Recife, Pernambuco State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

COSTA, Marli Ramos da  and  MARCOPITO, Luiz Francisco. Mortalidade por causas mal definidas, Brasil, 1979-2002, e um modelo preditivo para idade. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.5, pp. 1001-1012. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008000500007.

Estudou-se a porcentagem de mortes por causas mal definidas no Brasil, de 1979 a 2002, com os objetivos de: (a) descrever modificações nesses 24 anos; (b) identificar a faixa etária em que a porcentagem de óbitos por mal definidas mais se correlaciona com a porcentagem total de mal definidas; (c) selecionar um modelo preditivo para a porcentagem de mal definidas nessa faixa etária, a partir da porcentagem total de mal definidas; (d) descrever modificações na contribuição de cada faixa etária no total de mal definidas; (e) verificar se a porcentagem de óbitos ocorridos em hospital relaciona-se com a porcentagem de mortes por mal definidas. Observou-se que a porcentagem total de óbitos por causas mal definidas diminuiu no Brasil. A porcentagem de mal definidas na faixa etária > 50 anos é a que mais se correlaciona com o total de mal definidas: a regressão cúbica é o modelo mais adequado para predição. Essa faixa etária foi a que mais aumentou sua contribuição no total de mal definidas, e a porcentagem de óbitos ocorridos em hospital guardou relação inversa com a porcentagem de mal definidas.

Keywords : Causa de Morte; Atestado de Óbito; Mortalidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese