SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue5Identity and mental health risks for young gays in Mexico: recreating the homosexual experienceImpact of hospitalization on breastfeeding practices in a pediatric hospital in Salvador, Bahia State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

FREITAS, Paulo Fontoura; SAKAE, Thiago Mamôru  and  JACOMINO, ; Maria Eduarda M. Lebarbechon Polli. Fatores médicos e não-médicos associados às taxas de cesariana em um hospital universitário no Sul do Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.5, pp. 1051-1061. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008000500012.

O objetivo deste estudo foi descrever fatores associados ao aumento nas taxas de cesariana em um hospital universitário de 2002 e 2004, explorando a contribuição de fatores médicos e não-médicos para este aumento. Um estudo transversal investigou 2.905 partos ocorridos nos anos de 2002 (1.441) e 2004 (1.464). Diferenças nas razões de prevalência ajustadas pela regressão de Poisson e risco atribuível percentual foram estimados para a associação de cesariana com fatores sócio-demográficos; clínicos e reprodutivos; e do parto, institucionais e da prática obstétrica. As taxas de cesariana aumentaram de 28,4% em 2002 para 36,7% em 2004. Escolaridade materna elevada, hora do parto, presença de patologia e maior freqüência ao pré-natal foram os fatores que representaram a contribuição mais expressiva para o excesso em 2004, quando comparado a 2002. O aumento nas taxas de cesariana ao se comparar os dois anos pode ser atribuído, pelo menos em parte, a um crescimento nas indicações relativas e condições não-médicas.

Keywords : Cesárea; Fatores de Risco; Risco Atribuível; Hospitais Universitários.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese