SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue9Prevalence and factors associated with behavioral disorders in adolescents: a population-based studyCaseload profile in emergency services: sentinel events for monitoring primary health care author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

PANIZZI, Mirvaine  and  PERES, Marco Aurélio. Dez anos de heterocontrole da fluoretação de águas em Chapecó, Estado de Santa Catarina, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.9, pp. 2021-2031. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008000900008.

O objetivo deste estudo foi analisar a concentração de flúor na água de abastecimento público em Chapecó, Santa Catarina, Brasil, no período de 1995 a 2005 e, adicionalmente, avaliar a efetividade de uma intervenção ocorrida em 2003 na qualidade da fluoretação. Foram analisadas 989 amostras de água. Para adequação da concentração de flúor as amostras foram classificadas obedecendo a três critérios utilizados no Brasil. Uma intervenção político-jurídica foi realizada pela municipalidade no ano de 2003. A fim de avaliar a tendência da fluoretação ao longo de todo período e antes e depois da intervenção, utilizou-se o procedimento de Prais-Winsten. Nos dez anos analisados, o sistema de fluoretação de águas apresentou 46%, 32% e 43% de amostras adequadas, dependendo do critério adotado. Previamente à intervenção municipal, a proporção de amostras adequadas foi de 40%, 26% e 36%, aumentando para 63%, 49% e 61% após intervenção, segundo os diferentes critérios de análise. Verificou-se uma melhora na adequação da concentração de flúor após a intervenção municipal. Recomenda-se a continuidade da vigilância da fluoretação de águas, considerando-a processual e de caráter permanente.

Keywords : Abastecimento de Água; Fluoração; Análise da Água.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese