SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue11Health surveillance: proposal for a tool to evaluate technological arrangements in local health systemsAlcohol, tobacco, and other drug use by teenage students in a city in Southern Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

DIAS JUNIOR, Cláudio Santiago; VERONA, Ana Paula de Andrade; PENA, João Luiz  and  MACHADO-COELHO, George Luiz Lins. Fecundidade das mulheres autodeclaradas indígenas residentes em Minas Gerais, Brasil: uma análise a partir do Censo Demográfico 2000. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.11, pp. 2477-2486. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008001100003.

As populações indígenas aldeadas no Brasil apresentam alta taxa de fecundidade total (TFT), sendo que em alguns casos é observado o crescimento destas taxas ao longo do tempo. Já os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam um declínio da TFT da população autodeclarada indígena, independente da situação de domicílio (urbano, rural e rural específico). Este trabalho utiliza dados do Censo Demográfico 2000 para descrever e comparar a estrutura e o nível da fecundidade de período e coorte das mulheres autodeclaradas indígenas residentes em Minas Gerais, Brasil. Foram calculadas as taxas específicas de fecundidade (TEF), a TFT de período para o ano 2000 e a TFT de coorte para mulheres com cinqüenta anos e mais de idade. Os resultados mostram que as mulheres autodeclaradas indígenas residentes em Minas Gerais experimentaram um passado de alta fecundidade, independente da situação de domicílio. Concluiu-se que o uso do Censo Demográfico 2000 é uma importante fonte de dados para os estudos sobre populações indígenas no Brasil, tanto pelo seu alto grau de cobertura quanto pela riqueza das informações coletadas.

Keywords : Índios Sul-Americanos; Demografia; Fecundidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese