SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue11Coverage of Pap smear tests in the city of São Leopoldo, Rio Grande do Sul State, BrazilPublic health financing by the Paraná State Government, Brazil, 1991-2006 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

PAULA, Glaucio de Moraes; SILVA, Luiz Guilherme Pessoa da; MOREIRA, Maria Elizabeth Lopes  and  BONFIM, Olga. Repercussões da amniorrexe prematura no pré-termo sobre a morbimortalidade neonatal. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, n.11, pp. 2521-2531. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008001100007.

O objetivo foi analisar os fatores associados ao óbito e sobrevida com seqüela em neonatos egressos de gestações que cursaram com amniorrexe prematura. Estudo observacional do tipo coorte histórica analisou prontuários de pacientes que evoluíram com quadro de amniorrexe prematura < 34 semanas de gestação. As variáveis foram cotejadas com os desfechos óbito neonatal e sobrevida com seqüela. Em ambos os grupos os dados foram submetidos à análise bivariada, sendo os valores que exibem significância estatística submetidos à regressão logística. No modelo multivariado final em relação ao óbito fetal tiveram significância estatística: corioamnionite; índice de Apgar < 5 no 5º minuto; peso ao nascimento < 1.000g; e reanimação cardiopulmonar. Quanto à presença de seqüela entre os sobreviventes destacam se: a colonização cervical; persistência do canal arterial; índice de Apgar < 5 no 5º minuto; e peso ao nascimento < 1.000g. Processos infecciosos, extremo baixo peso ao nascer e asfixia periparto são as principais variáveis ligadas aos desfechos estudados entre neonatos egressos de gestações que cursaram com amniorrexe prematura.

Keywords : Ruptura Prematura de Membranas Fetais; Mortalidade Neonatal; Morbidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese