SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 suppl.3Infant malnutrition and obesity in three population-based birth cohort studies in Southern Brazil: trends and differencesHospitalizations during infancy in three population-based studies in Southern Brazil: trends and differentials author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

CESAR, Juraci A. et al. A utilização de serviços de saúde materno-infantil em três coortes de base populacional no Sul do Brasil, 1982-2004. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, suppl.3, pp. s427-s436. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008001500008.

Este estudo teve como objetivo descrever os indicadores de atenção à saúde durante o pré-natal, parto e primeiro ano de vida em Pelotas, Rio Grande do Sul. Em 1982, 1993, e 2004, todas as crianças que nasceram em hospitais na área urbana de Pelotas foram incluídas num estudo de coorte. Durante o período, o número de mulheres que não receberam atendimento pré-natal diminuiu de 4,9% para 1,9%; o número médio de consultas de pré-natal aumentou de 6,7 para 8,1; a proporção de gestantes que iniciaram o pré-natal no terceiro trimestre da gravidez diminuiu de 14,8% para 7%; a taxa de cesarianas aumentou de 27,7% para 45,2% e a proporção de partos assistidos por médicos aumentou de 61,2% para 89,2%. No primeiro ano de vida, as taxas de imunização melhoraram principalmente entre 1982 e 1993, enquanto o número de consultas médicas preventivas melhorou na coorte de 2004. Esse aumento de cobertura foi maior entre mães e crianças de baixa renda, o que pode refletir a implementação de cobertura universal no Brasil; entretanto, em 1982 a cobertura já era alta para mães e crianças de renda mais alta, reduzindo assim os espaço para ganhos adicionais nessa faixa de renda.

Keywords : Saúde Materno-Infantil; Serviços de Saúde; Estudos de Coortes.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English