SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 suppl.4Meta-analysis of factors related to health services that predict treatment default by tuberculosis patientsA salutogenic approach to oral health promotion author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

PASSOS, Carlos J. S.  and  MERGLER, Donna. Exposição humana ao mercúrio e efeitos adversos à saúde na Amazônia: uma revisão. Cad. Saúde Pública [online]. 2008, vol.24, suppl.4, pp. s503-s520. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008001600004.

Este artigo examina questões sobre exposição humana ao mercúrio (Hg) e seus efeitos adversos à saúde na Amazônia, com base em extensa revisão da literatura. Diferentes bioindicadores revelam uma ampla faixa de exposição, com teores médios de Hg em cabelo acima de 15µg/g em diversas comunidades amazônicas, situando-as dentre as mais expostas no mundo atualmente. Taxas de ingestão diária de Hg foram estimadas em alguns estudos e situam-se entre 1-2µg/kg/dia, consideravelmente acima das doses de referência estabelecidas pela USEPA (0,1µg/kg/dia) ou pela OMS (0,23µg/kg/dia). Déficits neurocomportamentais e, em alguns casos, sinais clínicos relacionados à exposição mercurial têm sido relatados tanto em adultos quanto em crianças de diversos países amazônicos. Há também evidências de dano citogenético, mudanças imunológicas e toxicidade cardiovascular. Visto que peixe é altamente nutritivo e há diversas fontes de Hg nesta região, existe uma necessidade urgente de encontrar soluções realistas e viáveis capazes de reduzir os níveis de exposição e de risco tóxico, ao mesmo tempo mantendo os hábitos alimentares tradicionais, preservando a biodiversidade píscea e frutífera e melhorando a saúde das populações desfavorecidas e afetadas.

Keywords : Intoxicação por Mercúrio; Exposição Ambiental; Ecossistema Amazônico.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English