SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue1Patient satisfaction with pharmacy services: translation and validation of the Pharmacy Services Questionnaire for BrazilImportance of the Teratogen Information Service in Bahia, Brazil, for prevention of congenital malformations: an initial four-year review author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

MASSUNARI, Gustavo Kiyoshi et al. Investigação sorológica e molecular da leishmaniose tegumentar americana em cães, três anos após um surto, no Noroeste do Estado do Paraná, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 2009, vol.25, n.1, pp. 97-104. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2009000100010.

Neste estudo, utilizaram-se técnicas clássicas e moleculares (reação em cadeia da polimerase - PCR) para o diagnóstico da leishmaniose tegumentar americana em 149 cães de uma área no noroeste do Estado do Paraná, Brasil, onde ocorreu um surto de leishmaniose tegumentar americana em 2002; os resultados foram comparados aos obtidos anteriormente. Vinte e cinco cães tiveram a imunofluorescência indireta (IFI) positiva (títulos > 40), incluindo dois animais com lesão sugestiva. O percentual de cães com IFI positiva foi semelhante aos encontrados nos inquéritos anteriores. As culturas dos materiais de lesão, sangue e medula óssea foram negativas para Leishmania. A pesquisa direta do parasito em lesão foi negativa, no entanto a PCR foi positiva. A PCR não detectou DNA de Leishmania (Viannia) no sangue dos cães estudados, mesmo naqueles que tiveram PCR positiva no estudo anterior. O acompanhamento de 27 animais mostrou que a maioria deles permaneceu com os mesmos níveis de anticorpos detectados anteriormente. Houve redução do número de cães com lesões, provavelmente em virtude das medidas de controle da transmissão adotadas após o surto de 2002.

Keywords : Leishmaniose Cutânea; Cães; Serologia.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English