SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 suppl.3Childhood poverty and abdominal obesity in adulthood: a systematic reviewAssociation between stress and breast cancer in women: a meta-analysis author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

PELISSARI, Daniele Maria; BARBIERI, Flávio Eitor  and  WUNSCH FILHO, Victor. Campos magnéticos e leucemia linfocítica aguda em crianças: revisão sistemática de estudos caso-controle. Cad. Saúde Pública [online]. 2009, vol.25, suppl.3, pp. S441-S452. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2009001500009.

A incidência de leucemias em crianças tem aumentado nas últimas décadas no mundo, com influência predominante da leucemia linfocítica aguda, principal subtipo em crianças. Estudos têm relacionado a exposição às radiações não-ionizantes geradas pelos campos magnéticos de baixa freqüência com leucemia infantil. Neste artigo foram revisados os estudos caso-controle publicados sobre essa questão. Dos 152 artigos localizados em diferentes bases de dados, dez estudos da América do Norte, Ásia e Europa preencheram os critérios de seleção, comportando pacientes diagnosticados entre 1960 e 2004. Algumas limitações metodológicas foram observadas como dificuldades nos procedimentos de avaliação da exposição. É possível a existência de associação entre exposição a campos magnéticos de baixa freqüência e leucemia linfocítica aguda em crianças, porém, a força desta associação é tênue, impedindo observar consistência entre os resultados. Futuros estudos, com maior diversidade de regiões, deveriam concentrar-se na análise da leucemia linfocítica aguda, pois é o subtipo com maior influência na incidência crescente da leucemia infantil.

Keywords : Exposição a Radiação; Leucemia Linfóide; Criança.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English