SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue10Well-being in adolescents: the 11-year follow-up of the 1993 Pelotas (Brazil) birth cohort studyIntake of fat and fiber-rich foods according to socioeconomic status: the 11-year follow-up of the 1993 Pelotas (Brazil) birth cohort study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

ARAUJO, Cora Luiza et al. Estado nutricional de adolescentes: a visita de 11 anos da coorte de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, 1993. Cad. Saúde Pública [online]. 2010, vol.26, n.10, pp. 1895-1903. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2010001000005.

O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de fatores demográficos, sócioeconômicos e maternos sobre o estado nutricional de adolescentes, nascidos em 1993, em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. A amostra estudada (n = 4.452) representa 87,5% da coorte original. O estado nutricional foi avaliado conforme as recomendações da Organização Mundial da Saúde, categorizado em magro, eutrófico, sobrepeso e obeso. As variáveis independentes foram cor da pele, índice de bens, escolaridade e índice de massa corporal (IMC) maternos. As análises foram estratificadas por sexo, e a regressão logística multinomial foi usada. Ao todo, 7% dos adolescentes eram magros, 11,6% tinham sobrepeso e 11,6% eram obesos. Entre os meninos, a prevalência de adolescentes magros apresentou associação inversa com escolaridade e IMC maternos. Entre as meninas, ser magra se associou inversamente com o IMC materno. Sobrepeso e obesidade mostraram-se associados diretamente com índice de bens e IMC maternos, sendo esta última, a principal variável associada com o estado nutricional dos adolescentes.

Keywords : Estado Nutricional; Adolescente; Estudos de Coortes.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English