SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue10Self-reporting versus parental reporting of physical activity in adolescents: the 11-year follow-up of the 1993 Pelotas (Brazil) birth cohort studyExperimental use of alcohol in early adolescence: the 11-year follow-up of the 1993 Pelotas (Brazil) birth cohort study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

DUMITH, Samuel C.; HALLAL, Pedro C.; MENEZES, Ana M. B.  and  ARAUJO, Cora Luiza. Comportamento sedentário em adolescentes: a visita de 11 anos da coorte de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, 1993. Cad. Saúde Pública [online]. 2010, vol.26, n.10, pp. 1928-1936. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2010001000009.

O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência e investigar os fatores associados ao comportamento sedentário em adolescentes de 11 anos, pertencentes à coorte de nascimentos de 1993 de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. O comportamento sedentário foi coletado por meio de questionário, e definido como ficar mais de duas horas por dia assistindo à televisão, jogando videogame ou usando computador. Dos 4.452 adolescentes entrevistados, 98% assistiam à televisão, 44% jogavam videogame e 22% usavam computador. O tempo médio na frente de cada um desses meios eletrônicos foi, respectivamente, 197, 36 e 17 minutos por dia. A prevalência de comportamento sedentário foi de 79,7% (IC95%: 78,6; 80,9), e teve uma associação positiva com nível socioeconômico e com estado nutricional, e negativa com a escala de bem-estar. O tempo despendido em atividades como ver televisão, jogar videogame e usar computador foi elevado (média superior a 4 horas/dia). Maior atenção deve ser dada aos grupos mais expostos, tais como adolescentes de classe alta, acima do peso e com menor nível de bem-estar.

Keywords : Estilo de Vida Sedentário; Adolescente; Estudos de Coortes.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English