SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue10Sedentary behavior in adolescents: the 11-year follow-up of the 1993 Pelotas (Brazil) birth cohort studyMedicine use among adolescents: the 11-year follow-up of the 1993 Pelotas (Brazil) birth cohort study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

NOAL, Ricardo B.; MENEZES, Ana M. B.; ARAUJO, Cora Luiza  and  HALLAL, Pedro C.. Uso experimental de álcool no início da adolescência: a visita de 11 anos da coorte de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, 1993. Cad. Saúde Pública [online]. 2010, vol.26, n.10, pp. 1937-1944. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2010001000010.

Este trabalho teve como objetivo avaliar a prevalência de uso experimental de bebidas alcoólicas e fatores associados no início da adolescência. Compuseram a amostra 4.452 adolescentes (média = 11,3 anos; DP = 0,3) da coorte de nascimentos de 1993 de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. O uso experimental de álcool foi referido por 17,5% dos entrevistados (IC95%: 16,3-18,6) e 5% referiram ter experimentado com nove anos ou menos. O risco de uso experimental de álcool foi maior nos adolescentes cujas mães referiram ter bebido na gestação, quando ambos os pais usavam bebidas alcoólicas, entre os adolescentes que trabalhavam fora e naqueles que já experimentaram cigarro ou outras drogas. As relações familiares, o uso de álcool pelos pais, e o tabagismo do adolescente são os fatores fortemente associados ao uso experimental de álcool no início da adolescência. Mais atenção deveria ser dada especialmente a esses grupos, a fim de combater o consumo precoce de álcool.

Keywords : Bebidas Alcoólicas; Adolescente; Estudos de Coorte.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English