SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue2Physical activity, health-related quality of life and depression during pregnancyBreast cancer and cervical cancer mortality trends in a medium-sized city in Southern Brazil, 1980-2006 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

MORAES, Anaelena Bragança de; ZANINI, Roselaine Ruviaro; GIUGLIANI, Elsa Regina Justo  and  RIBOLDI, João. Tendência da proporção de baixo peso ao nascer, no período de 1994-2004, por microrregião do Rio Grande do Sul, Brasil: uma análise multinível. Cad. Saúde Pública [online]. 2011, vol.27, n.2, pp. 229-240. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000200004.

O objetivo deste estudo ecológico longitudinal foi analisar a tendência da proporção de baixo peso ao nascer no Rio Grande do Sul, Brasil, de 1994 a 2004, utilizando a análise de dados de painel e regressão linear multinível (dois níveis: microrregião e tempo (anos)) para estimar os fatores de risco associados à proporção de baixo peso ao nascer. A proporção de baixo peso ao nascer teve um crescimento anual de 1,2%, e o modelo multinível mostrou que as proporções diferem entre as microrregiões e aumentam em associação com os anos, com o aumento do percentual de prematuros, com o aumento do coeficiente de mortalidade infantil e com o aumento do percentual de cesarianas. Entre as microrregiões, as proporções de baixo peso ao nascer variam positivamente com o percentual de urbanização, com os gastos com o Sistema Único de Saúde e negativamente com o percentual de participação na atividade econômica. O modelo multinível mostrou que a maior parte da variação nas proporções de baixo peso ao nascer se deve aos efeitos da microrregião de moradia da mãe do nascido vivo.

Keywords : Sistemas de Informação; Recém-Nascido de Baixo Peso; Análise Multinível.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese